Ação é o processo de fazer algo e o impacto é o resultado. A mudança transformadora ocorre quando o impacto dessas ações tem o poder de influenciar profundamente os pensamentos e vidas dos diretamente envolvidos. Para os Global Citizens, mudança transformadora significa enfrentar, de frente, os desafios mais significativos do mundo, incluindo a mudança climática e a pobreza global — e persistir, contra todas as probabilidades, até que soluções sejam encontradas. No Global Citizen NOW, em seu terceiro ano em Nova Iorque, dezenas de painéis reuniram as maiores mentes globais na busca coletiva para impulsionar a mudança transformadora: para o nosso planeta, para a igualdade, e para ajudar a abordar as principais causas da pobreza.

Realizado em torno do Prêmio Global Citizen 2024, o encontro de dois dias (1 e 2 de maio) no Spring Studios, em Nova Iorque, serviu como uma plataforma crucial em defesa do impacto real no mundo. Líderes dos setores público e privado, juntamente com artistas e ativistas se reuniram durante dois dias para abordar os problemas mais urgentes da humanidade.

O evento atraiu um amplo espectro de participantes, como a personalidade da TV e chef Andrew Zimmern; o ator e humanitário Djimon Hounsou; a apresentadora de TV e ativista Padma Lakshmi; a cantora, compositora e empresária Anitta; o premiado ator e embaixador do Global Citizen, Hugh Jackman, e a vencedora do Oscar e Embaixadora da Boa Vontade do PNUD, Michelle Yeoh. O encontro também reuniu figuras estimadas como o ex-primeiro ministro da Suécia, Stefan Löfven; o presidente de Ruanda, Paul Kagame; o presidente de Botsuana, Mokgweetsi Masisi; a ex-ministra da Noruega, Erna Solberg; o primeiro-ministro das Bahamas, H.E. Phillip Davis; o ex-primeiro-ministro do Canadá, Stephen J. Harper; o primeiro-ministro de Antígua e Barbuda, H.E. Gaston Browne, entre outros líderes globais.

O Primeiro-Ministro Gaston Browne e Hugh Evans Abriram o Global Citizen NOW no Retorno do Encontro para o Seu Terceiro Ano

Este ano, o Global Citizen NOW Nova Iorque foi todo sobre encontrar ideias para uma ação urgente, onde o painel de abertura definiu o tom para essas conversas cruciais. A cerimônia contou com a Vice-Presidente Executiva e Chefe de Pessoas, Política & Propósito da Cisco, Fran Katsoudas; a Embaixadora da Boa Vontade do Global Citizen e UN Mulheres, Danai Gurira; o Primeiro-Ministro de Antígua e Barbuda, H.E. Gaston Browne; o CEO da Global Citizen, Hugh Evans, e a ex-conselheira sênior e principal porta-voz do Vice-Presidente dos Estados Unidos, Symone Sanders-Townsend, ao lado de artistas, defensores e líderes políticos, todos dedicados a impulsionar mudanças de impacto.

"Nós temos que reconhecer que praticamente todos os países do planeta estão sofrendo com os efeitos do clima. Estamos destruindo a terra, isso envolve a colaboração de todos... para combater essa crise [climática],” disse o Primeiro-Ministro Browne. “Como consequência, os pequenos estados insulares estão agora sofrendo, e a maioria dos países têm comunidades costeiras que estão agora sob ameaça — todos nós devemos estar comprometidos, para garantir que reduzamos as emissões e responsabilizamos os grandes poluidores — garantindo a preservação da nossa humanidade comum.”

Cúpula Econômica da Global Citizen é Revelada durante relançamento da Campanha 'Power Our Planet'

Há um ano, a campanha ‘Power Our Planet’ foi lançada no Global Citizen NOW 2023, pedindo a governos, poluidores e bancos para abordar a mudança climática e alocar financiamento para necessidades críticas.

Dois meses depois, em Paris, a iniciativa obteve o suporte de ONGs, governos, e líderes mundiais. Avanços incluíram uma nova opção de pausa na dívida para países afetados por desastres, o que liberou bilhões de dólares em financiamento para pequenos estados insulares desenvolvidos que enfrentam desastres naturais como furacões.

Em 2024, a campanha irá focar em liberar recursos para o desenvolvimento econômico africano e para desbloquear financiamento crítico para países impactados pela mudança climática. Como parte da campanha, a Global Citizen e o parceiro Bridgewater Associates realizarão uma cúpula econômica na Costa do Marfim, em Outubro de 2024.

"Precisamos que os bancos de desenvolvimento multilaterais e os países G20 implementem propostas de reforma, estendendo cláusulas de pausa em dívidas e acessando fontes adicionais de financiamento para entregar para os países mais pobres e mais vulneráveis,” disse o CEO e cofundador da Global Citizen, Hugh Evans.

Gavi Lança a Maior Campanha de Vacinação Contra Sarampo e Rubéola Já Realizada na África e Líderes Globais Pedem Aumento de Ajuda para Combater a Pobreza e a Mudança Climática em Nações Desenvolvidas

Andrew Ddembe, recipiente do Prêmio Global Citizen, juntou-se a Dra. Sania Nishtar, CEO da Gavi, no palco do Global Citizen NOW para revelar uma iniciativa inovadora para 2024. A Gavi está prestes a iniciar a maior campanha de vacinação contra o sarampo e a rubéola já realizada na África, englobando mais de 20 países no continente. Com um objetivo ambicioso de vacinar até 100 milhões de crianças até o final do ano, esta campanha marca um esforço monumental no combate a doenças preveníveis no mundo inteiro.

"[A Gavi] já imunizou um bilhão de crianças, diminuiu pela metade a mortalidade infantil, e salvou 17 milhões de vidas," revelou Nishtar.

A iniciativa surge após um aumento alarmante em casos, surtos e mortalidades devido à queda na cobertura da vacina globalmente. Dados recentes publicados pela WHO-CDC mostram que, em 2022, 37 países experimentaram grandes ou perturbadores surtos de sarampo em comparação a 22 países em 2021.

A iniciativa da Gavi representa um passo significativo na garantia da saúde e do bem-estar de milhões de crianças, apontando para a importância da ação coletiva no combate a doenças evitáveis em todo o mundo.

O anúncio da Gavi seguiu-se ao painel intitulado “Construindo um Mundo Mais Forte”, que abordou o tema crucial de fortalecer a assistência para as nações em desenvolvimento a enfrentar desafios como a pobreza e as mudanças climáticas.

O encontro contou com palestrantes incluindo Gargee Ghosh, Diretora de Política e Finanças para o Desenvolvimento (DPAF) na Fundação Bill & Melinda Gates; Stefan Löfven, ex-Primeiro Ministro da Suécia; Wangari Kuria, CEO da Farmer on Fire; e Symone Sanders-Townsend, oferecendo diversas perspectivas sobre questões de desenvolvimento global.

HeadCount Anuncia a campanha 'Eu Sou um Eleitor' no Global Citizen NOW

No Global Citizen NOW em Nova Iorque, HeadCount, uma organização sem fins lucrativos comprometida em melhorar o registro e engajamento de eleitores, revelou sua última iniciativa, chamada 'Eu sou um eleitor'. A diretora executiva da HeadCount, Lucille Wenegieme, anunciou o programa junto ao lado do diretor do A Starting Point, Mark Kassen e do artista e ativista Jordan Fisher.

O anúncio segue o desafio lançado pelo músico John Legend durante o Global Citizen NOW 2023, quando pediu um maior engajamento dos eleitores na faixa etária de 18 a 30 anos em todo os Estados Unidos.

O Impacto da Música sobre a Pobreza e o Desenvolvimento: Nova Pesquisa do Center for Music Ecosystems e da Global Citizen Anunciada no Global Citizen NOW

Durante o painel do segundo dia “Impulsionando o Progresso na África”, Shain Shapiro, fundador e diretor-executivo do Center for Music Ecosystems, anunciou o lançamento de uma pesquisa extensa sobre o poder transformador da música em escala global, principalmente para tratar de questões urgentes como a pobreza extrema.

“Juntos com a Global Citizen e a Universal Music Group, além de parceiros nas Nações Unidas, estamos lançando uma visão hoje... para ver como a música pode ser uma ferramenta para erradicar a pobreza global”, comunicou Shapiro, direto da plateia, enquanto era observado pelos painelistas.

A pesquisa visa explorar como a música e seu ecossistema podem servir como ferramentas potentes na luta contra a pobreza global.

Você pode ler o relatório completo aqui.

Parceria da Health and Climate Foundation Com a Global Citizen Anunciada para Abordar o Impacto da Emergência Climática nos Sistemas de Saúde

“As mudanças climáticas não são mais uma ameaça distante - estão impactando a saúde humana agora, do calor extremo às doenças transmitidas por mosquitos: os perigos são reais", destacou Ineza Umuhoza, coordenadora da Loss and Damage Youth Coalition, durante o painel do segundo dia do Global Citizen NOW, ‘Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis’.

A emergência climática é também uma emergência de saúde, e é por isso que a Dra. Cecilia Sorensen aproveitou a oportunidade durante o painel para anunciar a parceria da Global Citizen com a Fundação Clima e Saúde.

"Estou emocionada em anunciar uma nova parceria, pela qual estamos unindo forças para enfrentar a emergência climática com foco na saúde", disse Sorensen.

Dois médicos subiram ao palco para apresentar uma instalação artística apresentando jalecos de médico adornados com elementos que simbolizavam desastres climáticos, destacando a questão crítica do calor extremo e seu profundo impacto na saúde global.

Anitta e Puyr Tembé Convocam Para Ação Climática Global Antes do COP30 e pela Proteção da Amazônia Brasileira

O evento finalizou com dois painéis focados na ação climática, apresentando vozes proeminentes do Brasil. Puyr Tembé, Secretária Estadual de Povos Indígenas do Pará, iniciou a primeira discussão do painel sublinhando a importância crítica de seu trabalho, enfatizando seu chamado para o envolvimento indígena na formulação da política climática.

“Precisamos de cada um de vocês para se juntar a este movimento e nos unirmos - vamos apoiar os Povos Indígenas porque eles são os melhores guardiões de nosso planeta”, declarou Tembé.

O painel foi precedido por uma mensagem em vídeo especial da Primeira-Dama do Brasil, Rosângela da Silva, a Janja, pedindo aos líderes mundiais para se juntarem à Aliança Global (Global Alliance) para acabar com a fome.

O apelo ressoou profundamente com os participantes, enfatizando ainda mais o papel indispensável das comunidades indígenas na proteção ambiental.

A artista e influenciadora brasileira Anitta juntou-se ao presidente da COP15, Alain-Richard Donwahi, e ao Secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, Mauro O'de Almeida, no palco para o painel final, ‘Um Novo Acordo Para o Planeta: a Caminho da COP30 no Brasil’, com o objetivo de gerar otimismo antes da COP 30 em Belém, Brasil, e destacar a urgência de proteger tesouros globais críticos como a floresta amazônica.

“Queremos ver o meio ambiente indo bem, ver o planeta indo bem, mesmo que isso signifique que as pessoas ricas não vão ser tão ricas... vamos garantir que as plataformas sejam obrigadas a mostrar [conteúdo climático] a todos”, disse Anitta.

O sucesso projetado da COP 30 no Brasil demonstra que, quando nações, sociedade civil e povos indígenas se unem em um objetivo comum, o progresso significativo em direção a um futuro sustentável não é apenas possível, mas inevitável.

Da Austrália para Nova Iorque, e a cada novo ano, o Global Citizen NOW reafirma seu compromisso em promover o senso de colaboração e a geração de mudanças tangíveis para todos. Ao enfrentar desafios sem precedentes, este evento serve como um farol de esperança, unindo indivíduos e audiências na busca por um futuro mais equitativo e sustentável para todos.

Agradecemos aos nossos parceiros do Global Citizen NOW, Authentic Brands Group, Bridgewater Associates, Cisco, Citi, Delta Air Lines, P&G e Verizon, e aos nossos colaboradores do Prêmio Global Citizen, Cisco e Citi.

Editorial

Exija Equidade

7 Maneiras de Como Impulsionamos Impacto e Ação Contra a Pobreza no Global Citizen NOW Nova Iorque 2024

Por Camille May